quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Estreias da Semana (27/10 a 02/11)

Oito filmes estreiam nesta quinta-feira e o principal destaque é A Garota no Trem, adaptação do best-seller homônimo, que conta com uma atuação elogiável de Emily Blunt. Para as crianças tem a nova animação da DreamWorks, Trolls, e para quem gosta do cinema asiático a pedida da vez é o sul-coreano Um Dia Difícil. Confira a lista:

A Garota no Trem

Rachel (Emily Blunt) leva uma vida solitária e gosta de criar histórias para pessoas que vê diariamente no trem. Certo dia, Rachel rotula um casal com a vida perfeita e acaba testemunhando um crime envolvendo essas pessoas, passando a correr perigo por causa disso.

The Girl on the Train, Estados Unidos, 2016.
Direção: Tate Taylor
Duração: 100 minutos
Classificação: 16 anos
Drama / Suspense 
TRAILER 

Trolls

Poppy é a líder dos Trolls e é conhecida por ser muito feliz. Todos do vilarejo estão apavorados com a chegada de um gigante faminto, e Poppy precisa unir forças com o irritado Branch para conseguir salvar seus amigos.

Trolls, Estados Unidos, 2016.
Direção: Mike Mitchell e Walt Dohrn
Duração: 92 minutos
Classificação: Livre
Animação 
TRAILER 

Satanic

Um grupo de amigos vai ao festival de música Coachella. No caminho, eles resolvem parar em Los Angeles para visitar lugares em que foram realizados rituais de satanismo, e é o que basta para que eles se deparem com mistérios mortais, dos quais podem ser as próximas vítimas.

Satanic, Estados Unidos, 2016.
Direção: Jeffrey G. Hunt
Duração: 85 minutos
Classificação:
Suspense / Terror
TRAILER 

Um Dia Difícil

Voltando do enterro de sua mãe, Gun-su (Lee Sun-kyun), detetive da polícia criminal, mata um homem em um acidente de carro. Para encobrir o caso, ele decide esconder o corpo do homem no caixão de sua mãe. Quando o caso ganha importância na polícia, seu parceiro de trabalho é nomeado para fazer a investigação.

Kkeutkkaji Ganda, Coréia do Sul, 2015.
Direção: Seong-hoon Kim
Duração: 111 minutos
Classificação: 16 anos
Ação
TRAILER 

Fora do Rumo

Bennie (Jackie Chan) é um policial que, após a morte do parceiro, busca provar que Victor Wong, um grande empresário, é O Matador, um terrível criminoso por trás de todo o submundo chinês.

Skiptrace, Estados Unidos, 2016.
Direção: Renny Harlin
Duração: N/C
Classificação: 14 anos
Ação / Comédia
TRAILER

Amnesia

Nos anos 1990, Jo sai de Berlim e vai para Ibiza com o sonho de se tornar um DJ de sucesso. Sua grande oportunidade surge quando ele tem a chance de tocar na badalada boate Amnseia. Enquanto isso, faz amizade com a vizinha, uma mulher de meia-idade que por muitos anos preferiu manter o passado esquecido.

Amnesia, França/Suiça, 2016.
Direção: Barbet Schroeder
Duração: 96 minutos
Classificação: 10 anos
Drama 
TRAILER 

Boys


Sieger (Gijs Blom) é um atleta de 15 anos de idade, em fase de treinamento para uma competição de revezamento. A rotina é alterada pela chegada de um novo membro da equipe, Marc (Ko Zandvliet). Os dois descobrem interesses em comum e se tornam amigos próximos, até perceberem que possuem sentimentos um pelo outro.

Jongens, Holanda, 2016.
Direção: Mischa Kamp
Duração: 78 minutos
Classificação: 16 anos
Drama

Jonas

Jonas (Jesuíta Barbosa) é filho de empregada e na infância era apaixonado por Branca (Laura Neiva), a filha da patroa. Os dois crescem e quando Jonas a reencontra o amor reaparece. Mas para tê-la de qualquer jeito, ele toma medidas desesperadas e violentas.

Jonas, Brasil, 2016.
Direção: Lô Politi
Duração: 97 minutos
Classificação:
Drama / Romance
TRAILER 

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Crítica: Ma Ma (2016)


Dedicado às mulheres, o novo filme do espanhol Julio Medel emociona ao tocar num assunto delicado para elas: o câncer de mama. Forte, pesado, mas extremamente belo em sua essência, Ma Ma (Ma Ma) não é um filme fácil de se assistir, principalmente para quem conhece alguém que já sofreu com a doença, que atinge cerca de 2 milhões de mulheres por ano só no Brasil.


Após ser diagnosticada com a doença, Magda (Penélope Cruz) tenta encontrar forças para viver na relação carinhosa que mantém com o filho pequeno. Certo dia, assistindo uma partida de futebol do menino, ela conhece Arturo (Luis Tosar), um homem que também está passando por uma situação difícil após perder a esposa e a filha em um acidente. 

Logo vai surgindo uma bonita relação entre os dois, e pouco a pouco Arturo se torna não somente um companheiro para Magda, mas também um pai para o filho dela. O principal acerto do filme é justamente mostrar essa relação sem apelação, de forma natural e sensível. Duas pessoas que se encontram em momentos delicados de suas vidas e ajudam-se mutuamente a enfrentar os obstáculos.


Outro ponto positivo é o fato do enredo mostrar a doença de Magda de forma singela, sem ser espalhafatoso nem melodramático. O diretor consegue captar com veracidade o sentimento terrível de uma mulher nesta situação, e isso também se deve muito à atuação visceral de Penélope Cruz, talvez a mais poderosa e corajosa de sua carreira. Há que se elogiar ainda a fotografia e a linda trilha sonora, que complementam e ajudam na grandeza do filme.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Estreias da Semana (20/10 a 26/10)

Dos seis filmes que estreiam esta semana no Brasil, os principais destaques são O Contador, com Ben Affleck, e Jovens, Loucos e Mais Rebeldes, novo trabalho do veterano diretor Richard Linklater. Confira:

O Contador

Um contador comum e educado (Ben Affleck) segue uma rotina aparentemente normal e tranquila. O que as pessoas ao seu redor nem imaginam é que ele leva uma vida dupla, como um assassino de aluguel.

The Accountant, Estados Unidos, 2016.
Direção: Gavin O'Connor
Duração: 128 minutos
Classificação: 14 anos
Ação / Drama
TRAILER 

Jovens, Loucos e Mais Rebeldes

Um grupo de estudantes e jogadores de beisebol estão prestes a se formar. É nesse momento que todos os amigos começam a questionar o que fazer no futuro e como querem chegar à vida adulta.

Everybody Wants Some, Estados Unidos, 2016.
Direção: Richard Linklater
Duração: 117 minutos
Classificação: 16 anos
Comédia
TRAILER 

O Mestre dos Gênios

Cinebiografia do editor Max Perkins (Colin Firth), que trabalhou na editora Scribner com alguns dos maiores gênios da literatura, como Ernest Hemingway (Dominic West), F. Scott Fitzgerald (Guy Pearce) e Thomas Wolfe (Jude Law).

Genius, Estados Unidos, 2016.
Direção: Michael Grandage
Duração: 104 minutos
Classificação: 12 anos
Biografia
TRAILER 

A Nona Vida de Louis Drax

Peter (Aaron Paul) é pai do menino Louis Drax, que já sofreu vários acidentes e depois de uma queda quase morreu. Abalada emocionalmente, a criança começa um tratamento com o psiquiatra Allan Pascal (Jamie Dornan), que fica intrigado com o caso, passando a ter dificuldades para discernir o que é verdade e o que é fantasia.

The 9th Life of Louis Drax, Canadá/Estados Unidos/Reino Unido.
Direção: Alexandre Aje
Duração: 108 minutos
Classificação: 14 anos
Drama / Suspense
TRAILER 

Ouija - Origem do Mal

Nos anos 1960, uma viúva é capaz de se comunicar com espíritos por meio do tabuleiro de Ouija. Ela faz isso para tirar dinheiro de pessoas céticas, mas certa noite, ao usar o tabuleiro, ela acaba convocando sem querer uma entidade maligna, que possui o corpo de sua filha caçula.

Ouija - Origin of Evil, Estados Unidos, 2016.
Direção: Mike Flanagan
Duração: 100 minutos
Classificação: 14 anos
Suspense / Terror
TRAILER 

Romance à Francesa

O professor Clément (Emmanuel Mouret) finalmente conquistou o coração de Alicia (Virginie Efira), uma famosa atriz. Mas tudo muda quando ele encontra Caprice (Anais Demoustier), uma jovem extrovertida que quer sair com ele e não se importa em ser sua amante.

Caprice, França, 2016.
Direção: Emmanuel Mouret
Duração: 100 minutos
Classificação: 12 anos
Comédia / Romance
TRAILER 

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Estreias da Semana (13/10 a 19/10)

Cinco filmes estreiam nesta quinta-feira em todo o Brasil, e um se destaca em especial. É Inferno, novo trabalho de Ron Howard, que volta a trazer para as telas uma história do escritor Dan Brown envolvendo o professor de simbologia Robert Langdon, novamente interpretado por Tom Hanks. Além de Hanks, outros nomes conhecidos também se mostram presentes como Nicole Kidman, em Terra Estranha, e Ricardo Darín, em Kóblic. Confira:
Inferno

Em uma corrida contra o tempo, o professor de simbologia Robert Langdon (Tom Hanks) precisa encarar um enigma, baseado na obra literária O Inferno, de Dante Alighieri, para salvar o mundo depois que um louco megalomaníaco decide pôr fim a ele.

Inferno, Estados Unidos, 2016.
Direção: Ron Howard
Duração: 121 minutos
Classificação: 14 anos
Suspense
TRAILER 

Terra Estranha

Matthew (Joseph Fiennes), sua esposa Catherine (Nicole Kidman) e seus dois filhos pequenos acabam de se mudar para o deserto de Nathgari, na Austrália. O casal está em crise e precisa deixar os desentendimentos de lado quando as crianças desaparecem após uma tempestade de areia.

Strangerland, Austrália, 2016.
Direção: Kim Farrant
Duração: 112 minutos
Classificação: 14 anos
Drama / Suspense
TRAILER 

Noite de Verão em Barcelona

Em 18 de agosto de 2013, o cometa Rose vai atravessar o céu de Barcelona. Nesta noite especial, mais de 500 casais vão começar um relacionamento, e no meio de tantas histórias de amor, seis delas são mostradas.

Barcelona, Nit D'Estiu, Espanha, 2016.
Direção: Dani de la Orden
Duração: 96 minutos
Classificação: 14 anos
Comédia / Drama / Romance
TRAILER 

Kóblic

Durante a ditadura militar na Argentina, o piloto da Armada Argentina, Tomás Kóblic (Ricardo Darín), enfrenta uma missão muito difícil: pilotar um dos chamados vôos da morte, que consistem em jogar militantes detidos vivos ao mar e ao Rio da Prata.

Kóblic, Argentina, 2016.
Direção: Sebastián Borensztein
Duração: 92 minutos
Classificação: 14 anos
Drama / Suspense
TRAILER  

Kubo e as Cordas Mágicas

Kubo vive no Japão com sua mãe. Ele acaba se tornando alvo de um espírito vingativo e nessa jornada de sobrevivência ele precisa achar a armadura mágica usada por seu pai falecido, um guerreiro samurai.

Kubo and the Two Strings, Estados Unidos, 2016.
Direção: Travis Knight
Duração: 90 minutos
Classificação: 10 anos
Animação
TRAILER

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Crítica: Perfeitos Desconhecidos (2016)


No mundo tecnológico em que vivemos, a privacidade é cada vez mais difícil de ser resguardada. O telefone celular, por exemplo, virou uma espécie de caixa preta das nossas vidas, onde temos cada ato registrado nele e, muitas vezes, guardamos nossos segredos mais secretos.


Pare e pense: sua vida é realmente um livro aberto? Você acha que realmente conhece as pessoas ao seu redor e o que elas fazem quando não estão com você? E se fôssemos obrigados a compartilhar com os outros absolutamente tudo que fazemos, será que as relações continuariam as mesmas? É sobre isso que fala Perfeitos Desconhecidos (Perfetti Sconosciuti), novo filme do italiano Paolo Genovese.

Um grupo de amigos decide se reunir para uma janta especial afim de compartilhar as novidades e assistir juntos a um eclipse lunar raro. Com comida farta, um bom vinho e muitas brincadeiras, a noite tinha tudo para ser um agradável encontro de velhos conhecidos.  Fazendo uma reflexão a respeito do uso do celular, Eva (Kasia Smutniak) sugere uma brincadeira: que durante aquela noite todas as mensagens que os amigos recebessem seriam lidas em voz altas e as ligações feitas no viva-voz.


Não demorou muito, é claro, para que as máscaras começassem a cair. A cada ligação atendida e mensagem lida em voz alta, um segredo ia caindo por terra. De uma simples cirurgia que foi escondida por uma das mulheres até uma amante que manda foto nua toda noite, o clima da noite vai ficando pesado, e vai provando o porque de muitas vezes as pessoas realmente preferirem esconder segredos, já que seriam vistas com outros olhos pelos próprios amigos.

O enredo é primoroso. Começa aparentando ser simplório e vai, pouco a pouco, ganhando o espectador com ótimos diálogos e reflexões profundas. As atuações são dignas, e por ser todo filmado em um cenário, lembra até mesmo uma peça de teatro. Com uma reflexão da nossa sociedade nos dias de hoje, Perfeitos Desconhecidos já figura entre os melhores filmes do ano.


quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Estreias da Semana (06/10 a 12/10)

Dez filmes estreiam nesta semana em todo o Brasil, e tem opções para todos os gostos. Os principais destaques entre eles são o britânico Nosso Fiel Traidor, com Ewan McGregor e Stellan Skarsgard, e o americano Assassino a Preço Fixo, com Jason Statham. Confira:

Nosso Fiel Traidor

Perry (Ewan McGregor) e Gail (Naomie Harris) estão passando uns dias no Marrocos e durante a viagem conhecem o mafioso russo Dima (Stellan Skarsgard), que dá a Perry um pendrive com informações sigilosas. Isso é só o começo de uma rede de intrigas que envolve o casal.

Our Kind of Traitor, Reino Unido, 2016.
Direção: Susanna White
Duração: 107 minutos
Classificação: 14 anos
Ação / Suspense
TRAILER

Assassino a Preço Fixo 2 - A Ressurreição

O matador profissional Arthur Bishop (Jason Statham) quer deixar seu passado para trás. No entanto, não demora para surgir um novo trabalho: realizar três assassinatos impossíveis, que somente ele á capaz de cometer.

Mechanic: Ressurrection, Estados Unidos, 2016.
Direção: Dennis Gansel
Duração: 98 minutos
Classificação: 16 anos
Ação / Suspense
TRAILER 

12 Horas para Sobreviver - O Ano da Eleição

Em uma noite do ano todos os tipos de crimes são permitidos e coisas horríveis acontecem àqueles que não se protegem. Uma senadora, que está na corrida presidencial, tem como campanha o fim da Noite de Crime, e muitos querem aproveitar essa ocasião para matá-la.

The Purge: Election Year, Estados Unidos, 2016.
Direção: James DeMonaco
Duração: 109 minutos
Classificação: 16 anos
Ação / Suspense
TRAILER

Irmã

Desde que se tornou freira, a jovem Colleen evita contato com a família. Mas ela se vê obrigada a deixar a reclusão de lado e ir para a casa dos pais quando seu irmão retorna da Guerra do Iraque.

Little Sister, Estados Unidos, 2016.
Direção: Zach Clark
Duração: 91 minutos
Classificação: 16 anos
Drama
TRAILER 

Um Doce Refúgio

O artista gráfico Michel (Bruno Podalydès) adora aviões, mas não tem como pilotá-los. Quando descobre que um caiaque tem a mesma engenharia de uma aeronave, ele parte numa jornada em meio aos rios em busca de um novo estilo de vida.

Comme un Avion, França, 2016.
Direção: Bruno Podalydès
Duração: 105 minutos
Classificação: 14 anos
Comédia
TRAILER 

No Fim do Túnel

O cadeirante Joaquín (Leonardo Sbaraglia) é muito solitário e para acabar com isso ele aluga um dos quartos para uma stripper e sua filha. No entanto, a mulher, juntamente com o namorado, planeja construir um túnel por baixo da casa e roubar um banco.

Al Final del Túnel, Argentina/Espanha, 2016.
Direção: Rodrigo Grande
Duração: 120 minutos
Classificação: a definir
Drama / Suspense
TRAILER 
   
A Maldição da Floresta

Um agricultor se muda com a mulher e o filho recém-nascido para uma fazenda de milho isolada na Irlanda. O lugar tranquilo dá lugar ao medo quando criaturas demoníacas passam a amedrontar a família.

The Hallow, Estados Unidos/Irlanda/Reino Unido, 2016.
Direção: Corin Hardy
Duração: 97 minutos
Classificação: 14 anos
Terror
TRAILER 

Lâminas da Morte - A Maldição de Jack, O Estripador

Um escritor acredita ter encontrado as facas usadas pelo serial killer Jack, O Estripador. Com as armas em mãos, ele recruta um grupo de jovens para integrar um treinamento e escrever o roteiro de um filme de terror.

Razors: The Return of Jack the Ripper, Reino Unido, 2016.
Direção: Ian Powell e Karl Ward
Duração: 88 minutos
Classificação: a definir
Terror
TRAILER 

Festa da Salsicha

Uma salsicha que vive num mercado cai sem querer um dia em um carrinho de compras. Agora ela tem de encarar um mundo desconhecido que lhe assusta, enquanto tenta voltar para o supermercado.

Sausage Party, Estados Unidos, 2016.
Direção: Conrad Vernon e Greg Tiernan
Duração: 89 minutos
Classificação: Livre
Animação
TRAILER 

É Fada

A pré-adolescente Luna (Klara Castanho) não faz sucesso nenhum na escola. Certa noite, ela cai no sono e surge Tatu (Kéfera Buchmann), uma fada um tanto desastrada que está disposta a ajudar Luna a ser mais popular.

É Fada, Brasil, 2016.
Direção: Cris D'Amato
Duração:
Classificação: 12 anos
Comédia / Fantasia
TRAILER 

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Crítica: Chocolate (2016)


Entre o final do século 19 e o início do século 20, a burguesia européia tinha maneiras bastante peculiares e perversas de entretenimento. Numa época em que o homem negro era visto como um ser-humano inferior, como escória da civilização, homens brancos os usavam como diversão, sempre os humilhando em espetáculos vexatórios e muitas vezes desumanos. 


É neste cenário que viveu Rafael Padilla (Omar Sy), um filho de escravos que desde pequeno, quando conheceu o circo, se apaixonou pelos picadeiros. No final do século 19, Rafael começou a ganhar uns trocados fazendo o papel de um africano canibal em um circo do interior do país. Sua missão era entrar na arena e amedrontar a todos, principalmente as crianças, que se assustavam ao ver pela primeira vez um homem negro e seus "hábitos selvagens".

No mesmo circo trabalhava George Footit (James Thiérrée), um palhaço que há muito não fazia mais sucesso e estava em decadência. George viu em Rafael um talento para a comédia e resolveu convidá-lo para formar uma dupla de palhaços, coisa que até então não existia. O sucesso tomou proporções gigantescas, e Rafael passou a ser conhecido como Chocolate, o primeiro palhaço negro da história circense.


O espetáculo consistia, é claro, em George sempre levando vantagem sobre Chocolate, e isso rendia risadas infinitas no público. Mas Chocolate não queria apenas fazer os outros rirem, ele queria mostrar que tinha talento para outras coisas, como protagonizar uma peça de Shakespeare. A cor de sua pele, no entanto, foi uma grande barreira. A sociedade hoje em dia ainda carrega um enorme preconceito em si, imagina há 100 anos atrás. Chocolate só fazia sucesso enquanto aparecia apanhando de um personagem branco, mas quando tentava ser o protagonista, era desmerecido.

A fotografia e a ambientação da época ajudam a dar uma maior autenticidade à trama, que tem como seu maior trunfo a participação de Omar Sy. O ator consegue mesclar humor com dramaticidade de forma impecável, e tem mais uma atuação de primeira em sua curta mas promissora carreira. Por fim, Chocolate é, sem dúvida alguma, um dos melhores filmes lançados no Brasil este ano, e traz uma lição e tanto numa época em que se discute muito a respeito do preconceito racial, que infelizmente ainda é latente na nossa sociedade.


segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Crítica: Nerve - Um Jogo sem Regras (2016)


Na medida em que a tecnologia avança, as pessoas parecem sentir cada vez mais necessidade de se mostrar e de se fazerem notadas a todo custo. Prova disso são aplicativos como o Snapchat, onde você pode narrar todo o seu dia para um determinado número de seguidores. É nesse cenário que surge Nerve, uma espécie de "verdade ou consequência" virtual, onde os membros recebem desafios e precisam cumpri-los num certo tempo para adquirirem mais seguidores em sua conta.


Cansada da monotonia de sua vida social e incentiva pelos amigos, Vee (Emma Roberts) resolve se inscrever no site para ver como é. No início tudo é diversão, com pequenos desafios fáceis de vencer, como se deslocar de um lugar ao outro ou beijar um desconhecido. No entanto, com o tempo as coisas começam a sair do controle, e ela precisa contar com a ajuda de Ian (Dave Franco), sua dupla no jogo, para se livrar dos perigos que a brincadeira trouxe.

A dupla de diretores já haviam abordado o tema da identidade virtual no documentário Catfish (2010), e desde o início fica evidente a crítica que novamente tentam fazer ao uso descuidado da internet. Mesmo com furos no roteiro, não dá para dizer que se trata de um filme ruim. O filme tem sim os seus bons momentos, o problema é que teima em alguns clichês adolescentes que poderiam ter sido evitados. As atuações em geral não comprometem, mas são fracas, e o que salva mesmo o filme é o seu ritmo, empolgante até o fim.


sábado, 1 de outubro de 2016

Crítica: Uma História de Loucura (2016)


genocídio do povo armênio orquestrado pelo governo turco no começo do século XX, que deixou mais de um milhão e meio de mortos, não é ensinado nas nossas escolas, e por conta disso poucos já ouviram falar do ocorrido Escrito e dirigido por Robert Guediguian, Uma História de Loucura (Une Histoire de Foi) tem a missão de não deixar esse passado ser esquecido, por mais devastador que ele seja. E principalmente de mostrá-lo ao mundo.


A trama acompanha Aram (Syrus Shahidi), um jovem de origem armênia que vive com a família em Marselha nos anos 1980. Há duas gerações atrás, Talaat Pacha, um homem da família, se tornou herói do povo armênio ao matar à queima roupa um dos líderes do genocídio, o turco Soghomon Thelirian. 60 anos depois, esse fato ainda é comemorado pelo armênios, que jamais superaram os acontecimentos.

Decidido a se vingar do passado, Aram se junta a um grupo de guerrilheiros que passam a praticar uma série de atentados contra prédios e pessoas públicas da Turquia. No entanto, ao explodir uma bomba no carro do embaixador turco, Aram acaba atingindo Gilles (Grégoire Leprince-Ringuet), um homem inocente que por estar na hora errada e no lugar errado acabou perdendo os movimentos da perna. A partir desse momento, Aram começa a se perguntar a respeito dos seus atos, e as coisas ficam ainda mais sérias quando sua mãe, sentindo-se culpada pelo filho, começa a visitar Gilles e cria uma relação de afeto como rapaz.


O filme tem como mérito mostrar como o ser-humano quer, na maioria das vezes, revidar violência com mais violência, e o quanto isso é nocivo principalmente para quem nada tem a ver com isso. O ponto forte são as atuações, além da direção firme de Guédiguian e do excelente trabalho da direção de arte. Por fim, trata-se de um filme necessário para mostrar, entre outras coisas, que todos os atos geram consequências, e que nem sempre estamos preparados para elas.